NOTÍCIAS

13/12/2016

Com a ideia de eliminar tudo o que é desnecessário, o minimalismo traz linhas mais retas e formas geométricas simples. Cores neutras e ambiente clean também fazem parte desse conceito que surgiu no início do século XX, a partir de uma série de movimentos artísticos e culturais e prega que menos é mais.
O estilo minimalista se utiliza de alguns elementos do Design Industrial e do Escandinavo, como cores aplicadas apenas nos elementos decorativos e composições com materiais naturais, como couro e madeira.
Enfim, sua proposta, dentro da arquitetura e de qualquer outro trabalho visual, é valorizar o essencial, reduzindo os detalhes e descartando aquilo que é dispensável.  
Promovendo a ambientes uma claridade agradável, sem poluição visual.

Veja ao lado alguns exemplos do conceito aplicado à arquitetura. 


Fonte: Imagens: blogdaarquitetura.com | www.arkpad.com.br | www.tretando.com